Acontece Cultura Exposição

Harmonia, Pureza, Respeito e tranquilidade os 4 pilares da Cerimônia do Chá

Harmonia, Pureza, Respeito e tranquilidade os 4 pilares da Cerimônia do Chá

Para os amantes da cerimônia do Chá uma oportunidade de apreciar os movimentos suaves, a arte de preparo, o charme dos kimonos, a delicadeza do manuseio dos acessórios e a degustação do verdadeiro e especial matcha poderão ser conferidos na primeira Cerimônia do Chá do ano e a Exposição de Ikebana, no dia 13 de janeiro de 2019 – Domingo às 11h, o Centro de Chado Urasenke do Brasil e a Associação de Ikebana do Brasil, entidades sem fins lucrativos, organizarão o Hatsugama e o Hatsuike, seguida do Almoço de Ano Novo no Maksoud Plaza Hotel, Al Campinas 150, no bairro da Bela Vista, em São Paulo. Neste ano são comemorados os 65 anos da Cerimônia de Chá no Brasil.

A simplicidade e beleza do Ikebana

Este evento contará com a presença de cerca de 300 pessoas ligadas ao Chado Cerimonial do Chá, o Consulado do Japão, políticos, empresários e representantes eminentes da comunidade nipo-brasileira, Presidente da Associação Comercial da Liberdade, Presidente do Bunkyo, artistas e outras personalidades.

A cerimônia do Chá ou Chanoyu ou Chado Caminho do Chá, a  Cerimônia do Chá valoriza o momento presente: o passado já foi e o futuro ninguém sabe. Em português, a palavra presente tem dois significados: Agora e Ser uma dádiva estarmos aqui juntos para compartilhar um momento, um encontro, uma tigela de chá. Sen no Rikkyu é o fundador da escola e iniciou em 1570, quase a idade do Brasil e envolve quatro princípios: Harmonia, Pureza, Respeito e Tranquilidade. Harmonia entre o Convidado e o Anfitrião, Pureza – purificar os utensílios Respeito e a Tranquilidade.

A beleza do kimono na cerimônia do Chá

A Cerimônia do Chá engloba várias artes japonesas: a Arquitetura, a Cerâmica, a Culinária, a Caligrafia, o Vestuário, o Arranjo de Flores, entre outras. A Arquitetura pode ser observada na porta para entrarmos a sala de chá que deve ter 60 cm de altura para que qualquer pessoa precise abaixar a cabeça para entrar. A Cerâmica, as xícaras de chá japonesas não tem asa porque ao contrário do senso comum, a mão é mais sensível que a boca. Se você não consegue segurar, não vai conseguir tomar. A Culinária, pois a Cerimônia de Chá completa dura quatro horas quando primeiro é servida uma pequena refeição chamada Kaiseki, onde Kai = quente e Seki = Pedra, pois quando os monges estavam meditando não tinham tempo de comer e pegavam uma pedra quente próximo ao estômago e esse calor “saciava” a fome. O Vestuário utiliza-se o kimono. Quando a mulher é solteira usa-se um kimono de mangas longas e cores vivas. Após o casamento o kimono tem mangas curtas e cores mais sóbrias. A parte de trás da manga é aberta para ser usada como “bolso”. Não se valoriza o decote e sim a nuca. O Arranjo de flores como estão na natureza. Não se deve entregar um buque de flores, pois não é assim que elas estão na natureza. Como o chá é amargo, antes de tomar, come-se um doce para harmonizar com o amargo. O doce deve estimular os cinco sentidos: Visão, Olfato, Paladar, Tato, podemos entender, mas e a Audição? A audição é o nome do doce.

Programa:

11h00 Cerimônia do chá e Exposição de Ikebana

12h45 Abertura e Discursos

Kagami Biraki – Abertura do Barril de Sakê

13h00 Almoço

14h30 Show

15h Encerramento

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

%d blogueiros gostam disto: