Saúde & Bem Estar

Hospital Santa Cruz recebe selo ONA II Pleno da Organização Nacional de Acreditação

Assistência com segurança e gestão integrada, com processos fluidos e comunicação efetiva, são aspectos que garantiram a acreditação da Instituição. O Hospital Santa Cruz foi acreditado com o selo ONA II Pleno, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). A certificação, válida por dois anos, é conquistada por instituições que atendem aos critérios de segurança do paciente em todas as áreas de atividade, incluindo aspectos estruturais e assistenciais, e apresentam gestão integrada, com processos que ocorrem de maneira fluida e comunicação plena sobre as atividades. Essa metodologia de avaliação atende a padrões internacionais de qualidade e segurança, como a ISQua – Sociedade Internacional pela Qualidade no Cuidado à Saúde, instituição parceira da OMS – Organização Mundial da Saúde.

 A assistência segura garante que o paciente receba o tratamento adequado, com minimização de riscos, implementação de protocolos clínicos e de prevenção de doenças, além de acompanhamento multidisciplinar. Já a gestão integrada entre os setores se refere à interação com todos os departamentos para a busca de soluções positivas que ofereçam mais eficácia nos resultados.

Segundo o Presidente do Hospital Santa Cruz, Renato Ishikawa, essa acreditação confirma a dedicação de todos os colaboradores e, principalmente, equipes médicas da Instituição. “Nosso foco sempre foi oferecer com qualidade o suporte assistencial necessário a cada paciente, por isso, este reconhecimento aponta que estamos no caminho certo, contando com a dedicação e determinação dos nossos colaboradores e corpo clínico.”

Fundada por entidades públicas e privadas do setor de saúde, a criação da ONA está ligada às mudanças que ocorreram após a Constituição de 1988, que definiu a saúde como um direito de todo cidadão brasileiro.

De acordo com o presidente da ONA, Cláudio Allgayer, o objetivo é promover a melhoria dos serviços de saúde no Brasil. A metodologia visa que haja em cada tipo de serviço requisitos não prescritivos que enriqueçam a gestão da qualidade e atenção do paciente.“Estimulamos que cada procedimento deva ser pensado e realizado visando à segurança do paciente. Uma forma prática de saber se as organizações se preocupam com essa cultura é verificar se ela possui o selo de acreditação, como o da Organização Nacional de Acreditação (ONA)”, destaca.

A acreditação é um processo voluntário, ou seja, a instituição manifesta o interesse em ser avaliada. Após a certificação, os serviços de saúde continuam sendo analisados para garantir a evolução das melhorias.

Luci Júdice Yizima

Jornalista e Fotógrafa
lucijornalismo@hotmail.com
(11) 99738-7200

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Acontece

Associação Hokkaido

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Acontece

Associação Hokkaido

%d blogueiros gostam disto: