Colunas Krônicas

KRÔNICAS: Nikkei não gosta mesmo de ler!

Montagem: Alex Endo

Pois é… Isso já não era novidade para mim desde bem muito antes e, agora, com o advento da Internet, com redes sociais, isso apenas reforçou! Minha opinião era baseada, não apenas no ouvir falar, mas também, diretamente, nas conversas com consanguíneos. Muito evidente!

Se bem que, em se tratando de Brasil, isso não é privilégio de nossa comunidade étnica, não. Mas isto é outra história.

A consolidação desse fato veio, para mim, no último Bingo da UPK, ocorrido no dia 23 de outubro passado. Como solicitaram contribuição de brindes ao mesmo, além de quatro bons (rs) que doei, para os casos de desempates resolvi doar também mais cinco exemplares de meu último livro (Kontos, Krônicas & Kanções), cujo teor é ele mesmo… o nikkei!!

No entanto, sem ser anunciado lógico que o público presente ao evento o desconheceria. E não foi anunciado!… o que, no fim, achei bom para essa constatação.

Como estava fazendo cobertura ao vivo, como sempre, postando tudo em minha página do Facebook, em minhas andanças pelo ambiente acabei achando pontos estratégicos para boas fotos, principalmente aos momentos de recebimento dos prêmios pelos contemplados, ao lado do palco.

Como nessa edição havia brindes demais, quando se tratava de mais de um contemplado ao mesmo prêmio, na hora do desempate, aos perdedores havia boas opções de escolhas, uma das quais… meu livro!… rs. Mas ninguém sabia disso. E como coloquei meus livros em sacos plásticos translúcidos, ficava evidente o que havia dentro.

E eu, ali do lado, observando.

Os perdedores, um a um, vinham até lá e escolhiam qualquer pacote bem embrulhado e brilhante, mesmo sem saber o que havia dentro, deixando meu evidente livro de lado. Às vezes, passavam rodadas sem ser um dos escolhidos.

Não que queira me gabar, mas se fosse anunciado ao público que se tratava de meu livro, tenho certeza de que a história seria diferente. Não o sendo, ficou evidente que quaisquer brindes lhes serviriam… a um livro. Né, não?!

A consequência? Já está no ar, nas conversas, mas também nas postagens em redes sociais, etc.

Silvio Sano

- Formado em arquitetura pela Univ. Mackenzie (1974), auge: ampliação do estádio Santa Cruz (Recife, 1981); conhece o Japão por quatro óticas (bolsista 1975, lua-de-mel 1980, Univ.Nagoya 1985/887 e decasségui 1989/1992); colunista e chargista desde 1996; escritor, com sete livros publicados (Kontos, Krônicas & Kanções foi o último); compõe versões em português de músicas japonesas (Youtube), mas também de outras línguas (Hallelujah=>HalleLULA, do inglês); cantor nas categorias Pop e Internacional e, palestrante (tema atual = conflitos nikkeis mesmo 110 anos depois);

- Vice-presidente do Conselho Deliberativo da ACA Mie Kenjin do Brasil, Assessor de Comunicação e Imprensa da UPK (União Paulista de Karaokê) e um dos adminiostradores dos sites Nikkeyweb e UPK. 

www.facebook.com/silvio.sano.7
twitter.com/silvio_sano
silvio.sano@yahoo.com

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ