Novidades

Metrô de São Paulo ganha Loja de souvenirs da marca ao completar meio século de atividades

Metrô de São Paulo ganha Loja de souvenirs da marca ao completar meio século de atividades. Foto: Luci Judice Yizima

A cidade de São Paulo é considerada a metrópole do trabalho, das artes, das multiculturas e de uma farta gastronomia. Para celebrar os 50 Anos de atividades da Companhia do Metropolitano de São Paulo, a empresa mantem uma maquete da malha metroviária e fotografias da história de construção do metrô em São paulo, em exposição no mezanino da estação Sé. Outra novidade na estação é a loja de souvenirs do Metrô que contem ítens como  squeeze, avental, ecobag, chaveiros, canecas, bloquinhos de anotações, bonés, abridor de garrafa, canetas, pendrive com desenhos do mapa das estações do metrô desenvolvidos pelos  empresários Sonilda Martins e Horácio Misawa  em parceria com a Causa Empreendedora, um projeto do nikkei Roberto Sekiya que é Subsecretário de Empreendedorismo do Estado de São Paulo. Os produtos junto a marca Metrô estavam sendo estudados há 4 anos pelos empresários.

 

Os empresários Sonilda Martins e Horácio Misawa  em parceria com a Causa Empreendedora. Foto: Luci Judice Yizima

 

Foto: Luci Judice Yizima

Sonilda Martins e Horácio Misawa são unânimes em destacar que os produtos foram pesquisados e desenvolvidos para o público que transita no metrô. “Fizemos pesquisa de mercado, buscamos produtos e ideias como quando viajamos para países como Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, Japão para ver o que eles oferecem aos turistas e usuários do metrô. Também viajamos de Norte a Sul do Brasil”, diz. “Encontramos muitas ideias e ferramentas juntamente com a Causa Empreendedora fundada pelo Subsecretário de Empreendedorismo do Estado de São Paulo, Roberto Sekiya nos orientou muito”, destaca Horácio.

“Durante quatro anos estudamos como fazer uso correto da marca “Metrô” sem perder o charme do produto e o encantamento dos usuários e turistas para com a marca, sempre orientados pelo ‘Projeto Causa Empreendedora’. O Metrô de São Paulo é muito importante para a cidade que se torna um atrativo, e liga os pontos turísticos entre si. Merece souvenirs da própria marca”, afirma Sonilda. Segundo ela, a marca tem a preocupação de trabalhar com produtos recicláveis como canetas, blocos de papéis e postites, ajudando a melhorar o meio ambiente e fazer produtos politicamente corretos.

 

Foto: Luci Judice Yizima

 

Para o Subsecretário, Roberto Sekiya destaca a importância da Causa Empreendedora no Projeto Loja do Metrô.Neste princípio da Causa Empreendedora os empresários e empreendedores se ajudam mutuamente e se complementam em suas competências e viabilizam a inédita Loja do Metrô para comemorar os 50 anos da Instituição”, enfatiza. “O emocionante é sentir que a Causa Empreendedora já flexibilizou e contagiou outros empresários como a empreendedora Suzana Okada do Sorvete artesanal Yamy! Yamy! a utilizarem o espaço do Metrô, além de funcionários e usuários que ficaram sabendo da causa de forma colaborativa”, contabiliza Sekiya.

Durante a entrevista os empresários confessaram que novos produtos estão sendo desenvolvidos e produzidos, que pretendem abrir mais lojinhas da marca em outras estações com produtos diferentes e criativos para serem lançados no segundo semestre.

 

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider
Fotos: Luci Judice Yizima

 

Causa Empreendedora – É a Rede Colaborativa de Empreendedores em que empreendedores e empresários se ajudam mutuamente para fomentar o desenvolvimento e transformação de seus negócios, das cidades e do país. Foi Idealizado e Fundado pelo Roberto Sekiya que viu esta grande necessidade e força nos empreendedores que só precisam se unir de forma colaborativa.

E convidamos empreendedores e protagonistas a se juntar a nossa rede cadastre-se  www.causaempreendedora.com e seguir nas redes sociais é gratuito.

 

 

A Companhia do Metropolitano de São Paulo – Foi fundada pelo prefeito Faria Lima em 24 de abril de 1968, em plena ditadura militar. Mas a discussão sobre uma rede de transporte subterrâneo vem desde o fim do século 19 – Londres, na Inglaterra, era a grande referência.  As obras da Linha Norte-Sul foram iniciadas oito meses depois. Em 1972, a primeira viagem de trem foi realizada entre as estações Jabaquara e Saúde. Em 1974, o trecho Jabaquara – Vila Mariana começou a operar comercialmente.

 

Luci Júdice Yizima

Jornalista e Fotógrafa
lucijornalismo@hotmail.com
(11) 99738-7200

1 Comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • eu amei a proposta do metro fazer esses souveir…… espero que ela coloque essas lojas em estações como república, paraiso, trianon, tiete, aeroportos, tauapé, barra funda, etc…. estrategicamente pq tem muita gente que (turista e moradores) que quer ter algo de sampa e não acha…. além do metro ter u “troco” com as vendas alavanca o turismo…. tem gente que é nascida a criada em sampa e não conhece a história da sua própria cidade.

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Arena Radical

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Arena Radical

%d blogueiros gostam disto: