Notícias

Porto do Açu é um dos premiados no Ecobrasil 2019

O projeto “Tartarugas Marinhas no Porto do Açu. (Foto: EcoBrasil)

O projeto “Tartarugas Marinhas no Porto do Açu: Conhecer para Preservar” foi um dos finalistas e o segundo colocado do Prêmio Portos e Navios de Responsabilidade Socioambiental. A premiação aconteceu durante o 15º Seminário Nacional sobre Indústria Marítima e Meio Ambiente (Ecobrasil 2019), no Rio de Janeiro. O prêmio reconhece iniciativas que mitigam impactos ambientais da atividade portuária e industrial ou que contribuem para o desenvolvimento socioambiental de suas áreas de influência.

Para o diretor de Sustentabilidade do Porto de Açu Operações, Eduardo Kantz, o prêmio reconhece que o Porto do Açu está comprometido com o desenvolvimento sustentável. “O projeto Tartarugas Marinhas comprova que a atividade portuária pode ser realizada de maneira responsável e com efetivo impacto positivo na conservação da biodiversidade. O  porto deve ser um local seguro  para os navios e também  para a vida marinha. É uma satisfação que nosso projeto sirva de inspiração para outros portos localizados em áreas de reprodução de tartarugas”, ressaltou. 

 

Fotos EcoBrasil

 

O projeto “Tartarugas Marinhas no Porto do Açu: Conhecer para Preservar” tem cinco linhas de atuação: o monitoramento de praia; a pesquisa científica; a infraestrutura e a operação portuária adaptada, a educação ambiental e o monitoramento por telemetria

O monitoramento, que teve início em 2008, já identificou mais de 12 mil ninhos e registrou o nascimento de 890 mil filhotes. No último período reprodutivo, foram cerca de 90 mil nascimentos, 35% a mais do que o registrado na temporada anterior. 

Um diferencial do projeto é o uso da tecnologia a favor da conservação e da geração de conhecimento. Transmissores instalados nas tartarugas permitem o acompanhamento das rotas migratórias, assim como a identificação de suas áreas prioritárias de alimentação.

Como parte das ações de educação ambiental são promovidas campanhas de conscientização nas comunidades, com solturas de filhotes e palestras educativas. O objetivo é alcançar o engajamento da população com as boas práticas ambientais. 

O projeto “Tartarugas Marinhas no Porto do Açu: Conhecer para Preservar” concorreu ao Prêmio Portos e Navios com outros dois finalistas: o “Mar de Letras”, inscrito pelo Porto de Imbituba (SC), e o “Itapoá Sempre Verde”, pelo Porto de Itapoá (SC).

 

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ