Cultura Exposição Notícias

Abandono e com rachaduras a Capela dos Aflitos pede socorro!!!

Dirigentes da Unamca - Ivan Husky, Elis Alves, José Abilio Ferreira, Rainha do Congo Maria das Graças Silva Carneiro e Silvio Luiz Sant'Anna (Foto: Luci Judice Yzima)
Missas toda segunda-feira as 12h e 15h (Foto: Luci Judice Yizima)

Acontece hoje (20/09), às 20h, um cortejo em “Memória de Chaquinhas” (soldado enforcados há 197 anos no Largo da Forca, atualmente Praça da Liberdade), realizado pela União da Capela dos Aflitos, saindo da Igreja da Boa Morte na Rua do Carmo, 202 até a Rua dos Aflitos onde está localizada a Capela que leva o mesmo nome. O evento terá a participação de várias lideranças como Mobilização Marcha Noturna pela Igualdade Racial, Baque Bolado, Batuque Daomé, Ilu Obá De Min, cantor Aloysio Letra, Akon Patrick, Unamca com apoio da CET – Companhia de Engenharia de Tráfego e GCMSP – Guarda Civil Metropolitana de São Paulo. O objetivo do cortejo é promover um alerta as autoridades pelas condições deploráveis do patrimônio histórico da nossa cidade, a Capela é o que restou do primeiro cemitério municipal de São Paulo. Detalhe, o cortejo será a luz de velas.

 

Fiéis lotam a Capela dos Aflitos para pedir benção ao Chaguinhas (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Rica em história, a Capela do Aflitos pede socorro!!! (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Um marco da história de São Paulo está ameaçado (Foto: Luci Judice Yzima)

Localizada no coração e ícone da história de São Paulo no bairro da Liberdade, a Capela dos Aflitos foi construída em 03 de outubro de 1775, na época em que o Brasil era colônia portuguesa e administrada pela igreja, período em que São Paulo (cidade) possuía cerca de 8.500 habitantes e quando as práticas de sepultamento eram muito distintas das de hoje, o Cemitério dos Aflitos, com quatro muros de taipa, era o local destinado para o sepultamento dos indigentes, escravos que não pertenciam à Irmandade do Rosário e para os condenados à morte na forca, também chamados de supliciados. Atualmente a Capela passa por um momento crítico, com rachaduras e falta de manutenção por parte dos Órgãos Públicos e agravados ainda mais por uma construção de um prédio na Rua Galvão Bueno que está embargada por promover rachaduras na Capela que está abandonada, aflita pede socorro.

 

Localizada numa rua sem saída da Rua dos Estudantes (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Velário da Capela dos Aflitos (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Altar original desde sua construção (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Porta de Pedidos ao Chaguinhas (Foto: Luci Judice Yzima)

Liberdade, o bairro turístico mais visitado de São Paulo. Quem vem a capital paulista é passagem obrigatória visitar o bairro mais oriental da cidade, a Liberdade, isso é fato! Existe um ditado que diz: Quem é rei nunca perde a majestade! Se no passado o bairro tinha as manifestações à “Forca” que levavam multidões ao Largo da Forca, atual Praça da Liberdade. Hoje as manifestações culturais e gastronômicas que predominam o bairro, tornando o local mais visitado da cidade. Venha e participe desta ação, o patrimônio é de todos nós!

 

 

A simplicidade da Capela revela a riqueza da sua história (Foto: Luci Judice Yzima)

 

A riqueza dos desenhos na madeira maciça no jacarandá (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Lojinha da Igreja (Foto: Luci Judice Yzima)

 

A Capela dos Aflitos é composta de 3 ambientes (Foto: Luci Judice Yzima)

 

Dirigentes de diferentes entidades se reúnem em prol da Capela dos Aflitos (Foto: Luci Judice Yzima)

 

 

Serviço

Cortejo em “Memória de Chaquinhas”

Onde? Igreja da Boa Morte – Rua do Carmo, 202

Quando? 20 de Setembro

Que Horário? 20h

Roteiro: Rua do Carmo – Praça João Mendes – Praça da Liberdade – Rua dos Aflitos

 

 

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

%d blogueiros gostam disto: