Acontece Cinema | Teatro Cultura

Atores Nikkeys entram em cena no espetáculo “O Legítimo Pai da Bomba Atômica” em SP

Em cena só atores nikkeys. (Foto: divulgação)

Com elenco formado somente por atores nipo-brasileiros, peça inédita estreia dia 9 de junho discutindo questões nucleares e a etnicidade em cena. Com texto de Murilo César Dias e direção de Gabriela Rabelo, estreia dia 9 o espetáculo “O Legítimo Pai da Bomba Atômica”, levando ao palco questões políticas, históricas e técnicas que envolvem a criação da bomba atômica e o consequente uso da energia nuclear na atualidade.

 

Ligia Yamaguti e Rogerio Nagai (Foto: Joelma Couto)

 

A coordenação geral do projeto é de Rogério Nagai que também entra em cena, com direção da premiada diretora Gabriela Rabelo. A montagem também contribui com um importante debate sobre questões étnicas no cenário nacional, pois personagens reais de diversas nacionalidades (alemão, americano, húngaro, etc) serão interpretados por atores nipo-brasileiros, integrantes do Coletivo Oriente-se. É a segunda vez na história do país que um espetáculo é realizado com elenco totalmente formado por atores brasileiros descendentes de japoneses.

Em um papo descontraído com um dos atores que faz parte do elenco, Edson Kameda relata a importância da trama tão antiga, quanto atual. “Fazer teatro é muito bom, estou muito feliz em participar desse projeto que trás a tona um tema de muita relevância que é a questão da energia nuclear e sua utilização”, comenta. Segundo Kameda, para montar o espetáculo foram promovidos vários debates abertos ao público sobre o tema, muita pesquisa sobre os personagens e até uma visita monitorada ao IPEN – Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares para ver de perto o que é reação nuclear.

 

Ator Edson Kameda nos ensaios da peça O Legítmo Pai da Bomba Atômica. (Foto: divulgação)

 

“Outra questão interessante é que o elenco da peça, todos são atores orientais integrantes do Coletivo Oriente-se, interpretando personagens reais de diversas nacionalidades como: alemão, americano e húngaro. Já que raras são as oportunidades no teatro profissional para os atores de características orientais, então a Nagai Produções em parceria com o Coletivo Oriente-se elaborou esse projeto e se inscreveu em vários editais, para em fim ser contemplado pelo prêmio Zé Renato e montar o espetáculo com atores do Coletivo Oriente-se que é formado por atores de descendência asiática”, contabiliza uma grande vitória o ator Edson Kameda.

O texto, inspirado na história real do físico húngaro Leo Szilard e na sua participação na construção da primeira bomba atômica, traz para a cena as figuras de sua esposa, a médica Gertrude Weiss, e diversos personagens históricos, entre eles Albert Einstein, o presidente americano Harry Truman, o general Groves, e vários outros que direta ou indiretamente colaboraram para a construção da bomba e para seu lançamento que resultou no extermínio de centenas de milhares de pessoas. O caminho entre a descoberta científica e a sua utilização como bomba de destruição em massa é acompanhado por um drama interno do físico Leo Szilard, que vê sua invenção ser desviada do objetivo.

 

Edson Kameda com Ricardo Oshiro. (Foto: Joelma Couto)

 

O espetáculo é o segundo trabalho do projeto “Sobreviventes pela paz” que tem como objetivo alertar para os perigos de se resolver os conflitos mundiais através de guerras, trazendo à cena peças que relatem grandes tragédias da humanidade como forma de promover uma cultura de paz.

O espetáculo é uma realização do 6° Prêmio Zé Renato da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo e da NAGAI Produções Artísticas e Culturais em parceria com o Coletivo Oriente-se.

A temporada no Teatro Leopoldo Fróes vai de 09 a 17/06, sábados 21h e domingos 19h, com ingressos a preços populares (R$ 20,00). Os ingressos são vendidos na bilheteria ou antecipadamente através dos sites www.sampaingressos.com.br e  www.chequeteatro.com.br .

Mais informações sobre a peça e o sobre o projeto “Sobreviventes pela paz” podem ser obtidas através do email sobreviventespelapaz@gmail.com ou pela página “Sobreviventes pela paz” no Facebook.

 

 

SINOPSE

“A peça baseada em fatos reais, narra a história do físico húngaro Leó Szilárd e sua ligação com a construção da primeira bomba atômica. A montagem traz ao palco personagens históricos importantes como o físico Albert Einstein, a médica Gertrude Weiss, o general Groves, o presidente americano Harry Truman e o secretário de guerra Stimson, todos vividos por atores nipo-brasileiros do Coletivo Oriente-se. O caminho percorrido entre a descoberta científica e sua utilização é acompanhado do drama interno de Leó Szilárd ao ver sua descoberta ser transformada na mais mortal de todas as armas de destruição em massa.”

 

 

SERVIÇO

 “O Legítimo Pai da Bomba Atômica”

Texto: Murilo Dias César

Direção: Gabriela Rabelo

Elenco: Edson Kameda, Gilberto Kido, Ligia Yamaguti, Ricardo Oshiro e Rogério Nagai.

Duração: 90 minutos

Recomendação: 12 anos.

Gênero: Drama

 

Centro Cultural Municipal de Santo Amaro – Teatro Leopoldo  Fróes

De 09 a 17/06/2018

Sábados às 21h e domingo às 19

Ingressos: R$ 20,00 (Ingressos vendidos na bilheteria, pagamento somente em dinheiro)

Av. João Dias, 822, Santo Amaro

Telefone: (11) 5541-7087

Capacidade: 111 lugares

Estacionamento: Não

Wi-fi: Sim

Acessibilidade: Sim

Ar Condicionado: Sim

 

Luci Júdice Yizima

Jornalista e Fotógrafa
lucijornalismo@hotmail.com
(11) 99738-7200

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

%d blogueiros gostam disto: