Notícias

Cortejo de Buda Menino tem inovações sem perder a tradição

Esse ano a tradicional cerimônia de abertura do Hana Matsuri teve inovação depois de meio século, diferente das edições passadas que tinha a participação do conhecido monge Kawakami como mestre de cerimônia, essa edição foi presidida pelo brasileiro, monge e também presidente da Federação das Escolas Budistas do Brasil, Kyohaku Correa, e o celebrante foi o peruano, monge Arturo Nogumi. O culto budista foi em português e japonês, outro destaque foram os Otigo-san ou acólitos (as crianças vestidas com quimonos e hakamas) representando Buda criança que chamou muito atenção de quem passava pela Praça da Liberdade.

 

Cortejo passa pela Av. Liberdade. Foto: Luci Judice Yizima

 

O monge Correa destaca a integração entre as 7 linhas do budismo no Brasil. “Esse ano foi diferente positivamente em tudo, desde a alteração do endereço de distribuição de ama-chá para o Jardim Oriental ao celebrante da cerimônia foi um nipo-peruano”, afirma. “Foi sem dúvida nenhuma uma inovação a distribuição do ama-chá no Jardim Oriental favoreceu para que os monges pudessem dar mais atenção para os visitantes que foram banhar Buda menino, pelo espaço harmonizado pela tranquilidade e arborização do ambiente. Cada dia uma escola budista fazia a sua apresentação e presença no jardim”, conta o monge Correa.

 

Monge Correa faz a oração antes do coquetel oferecido pela ACAL. Foto: Luci Judice Yizima

 

E completa, “depois de meio século nós conseguimos renovar sem perder a tradição. Deixou de ser apenas tradicional para se tornar no principal evento de intercâmbio cultural e religioso budista com a presença de monges de várias nacionalidades”.

 

Monge Nipo-Peruano Arturo Nogumi. Foto: Luci Judice Yizima

 

Monja Miyoho distribui o chá no Jardim Oriental. Foto: Luci Judice Yizima

Centenas de pessoas vieram cortejar a cerimônia Budista celebrada na Praça da Liberdade, onde foi distribuído ramos de flores. Em seguida ocorreu o cortejo solene do “elefante branco” carregando a imagem do Buda Criança, com a participação de diversas escolas infantis e acompanhamento de grupo musical infantil, promovido pela Federação das Escolas Budistas do Brasil, a Associação dos Admiradores do Buda Xaquiamuni, a Aliança Feminina Budista do do Brasil e a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal). Com apoio da Prefeitura Regional da Sé, do 45º Batalhão da Polícia Militar, Centro de Engenharia do Trânsito – CET e Beneficência Nipo Brasileira – Enkyo que disponibilizou uma ambulância para o evento.

 

Otigo-san ou acólitos (as crianças vestidas com quimonos e hakamas) representando Buda criança. Foto: Luci Judice Yizima

 

O evento contou com a presença do Cônsul Geral do Japão em São Paulo – Takahiro Nakamae, Subprefeito Regional da Sé – Eduardo Odloak, Deputado Estadual Jooji Hato, Vereador Aurélio Nomura, Vereador George Hato, presidente do Enkyo Akeo Yogue, entre outros.

 

 

 

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Arena Radical

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Arena Radical

%d blogueiros gostam disto: