Acontece Cultura Exposição

Japan House recebe ciência das tecnologias dos protótipos do engenheiro e designer Shunji Yamanaka

Espiral que tem formato humano. Foto: Luci Judice Yizima

A partir de 27 de março, a Japan House São Paulo revela as avançadas tecnologias dos protótipos japoneses na exposição Prototyping in Tokyo – Shunji Yamanaka. A exibição, que ocorrerá até o dia 13 de maio no 2º andar da instituição, evidencia a importância dos protótipos como cerne de criações tecnológicas, trazendo peças que se revelam também por sua beleza única. Criações que costumam ser acessíveis apenas as comunidades fechadas serão expostas de modo a compartilhar com o grande público os sonhos e as criações dos pesquisadores, aliando tecnologia ao apurado senso de estética japonês. Palestra “Prototipagem para Visualizar o Futuro” com o engenheiro no dia 27 de março, às 17hs.

 

Robô parece uma ouriço.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Variedade de robôs, cada um com diferente modo de locomoção.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Protótipo de articulação.  Foto: Luci Judice Yizima

 

O público irá se deparar com protótipos que impressionam pela riqueza de detalhes, tanto na forma como na capacidade de movimentos, caso do robô Ready to Crawl (Pronto para Rastejar), feito por fabricação aditiva, onde todas as peças são produzidas ao mesmo tempo para que ele ‘nasça’ inteiramente montado, como um ser vivo – exceto pelo motor que o move – o que permite sensação táctil e de textura. Tudo em suas engrenagens internas e embalagem exterior foi criado de maneira conjunta. E assim surgiu uma variedade de robôs, cada um com diferente modo de locomoção, o que permitiu explorar várias formas de movimento.

 

Centopeias ganham movimentos na arte de Yamanaka.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Público interage com a arte de Yamanaka.  Foto: Luci Judice Yizima

 

A arte de Yamanaka mexe com imaginário do visitante.  Foto: Luci Judice Yizima

 

A exposição também exibe o Rabbit Project (Projeto Coelho), que desenvolve e aperfeiçoa próteses desenhadas especificamente para corrida competitiva, buscando harmonia entre o humano e materiais artificiais. As peças expostas foram desenvolvidas para a atleta paralímpica Takakuwa Saki, que vem representando o Japão durante as Paraolimpíadas de Londres de 2012 e Brasil 2016. Outro destaque é o robô Apostroph, criado para estudar o comportamento dos organismos vivos e explorar um dos mais fundamentais: o ato de ficar em pé. Com um corpo segmentado, feito de múltiplas molduras suavemente curvadas, cada junta que conecta os segmentos contém um motor programado para resistir à força externa, por isso, esses motores giram na direção oposta à força da gravidade. Através deste mecanismo, o Apostroph realiza movimentos orgânicos similares aos que os humanos utilizam para aprender a ficar em pé, uma clara expressão da busca universal de um organismo vivo para encontrar equilíbrio.

 

O público irá se deparar com protótipos que impressionam pela riqueza de detalhes.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Objetos de arte de Yamanka.  Foto: Luci Judice Yizima

 

A arte ganha vida nas mãos de Yamanaka.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Sobre Shunji Yamanaka

Formado pela Faculdade de Engenharia da Universidade de Tóquio, em 1982, Yamanaka entrou na Nissan Motors Design Center no mesmo ano. Tornou-se designer industrial independente em 1987. Atualmente, preside o Leading Edge Design, fundado por ele em 1994, além de atuar como Professor da Universidade de Tóquio. Também foi professor na Universidade de Keio, de 2008 a 2012. Cabeça pensante por traz do automóvel Nissan Infiniti Q45, Shunji Yamanaka criou vários produtos industriais, incluindo relógios da marca Issey Miyake e o Suica (Super Urban Intelligent Card), que revolucionou o sistema de transito em massa de metro do Japão, entre outras peças que reafirmam sua versatilidade como designer. A genialidade de Yamanaka conquistou muitos prêmios e menções, incluindo o importante IF Design Award, Germany, Good Design Award; Good Design Award Gold Prize, 2006; Good Design Award Ecology Design Prize, 2006; e Mainichi Design Award, em 2004.

 

A obra Explora várias formas de movimentos.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Relogio tem sensor de presença.  Foto: Luci Judice Yizima

 

Ascende a luz através do sensor de presença, além de marcar hora. Foto: Luci Judice Yizima

 

Serviço

‘Prototyping in Tokyo – Shunji Yamanaka’

Quando: 27 de março a 13 de maio de 2018

Onde: Japan House São Paulo – Avenida Paulista, 52

Horário de funcionamento:

Terça-feira a Sábado: das 10h às 22h

Domingos e feriados: das 10h às 18h

Entrada gratuita

 

Palestra “Prototipagem para Visualizar o Futuro” com Shunji Yamanaka

Entrada gratuita

Senhas disponíveis uma hora antes de cada sessão devem ser retiradas na recepção. Tradução consecutiva

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

MASSAGEM ASIÁTICA

United Airlines – ANA – Ganhe Milhas

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

%d blogueiros gostam disto: