Colunas Krônicas

KRÔNICAS: Reiwa, período do novo imperador do Japão… e o romaji!

Reiwa - Ordem e Harmonia (divulgação)

O assunto do momento… na comunidade nikkei, é o nome da nova era que será adotado no calendário tradicional japonês devido à troca de imperador no trono daquele país, a partir de 1º de maio, quando o príncipe Naruhito assumirá o lugar do pai, Akihito.

O nome escolhido foi REIWA (ordem e harmonia), após pesquisa rigorosa feita por grupo de especialistas porque teria de ser conveniente ao novo imperador e ao momento japonês. Como foi escolha por quem entende e, três dias após, já muito difundido no meio da comunidade, decidi que não será tema aqui nesse aspecto.

Confesso que, tão logo o vi anunciado, pouco antes da meia noite do dia 31 de março, aqui, e 1º de abril, lá, de imediato, gostei do nome… e ainda gosto. Afirmo isso porque, naquela noite, pelo canal japonês, em língua japonesa, nada me soou estranho. Mas na manhã seguinte, ao ver as várias manifestações nas redes sociais… em português!, senti um impacto ao vê-lo em caracteres romanos, ou romaji.

Fui logo remetido ao desconhecimento, quase geral, dos nikkeis à leitura romaji. Sem contar como ouvimos apresentadores de telejornais pronunciarem erradamente a palavra tsunami, após a tragédia no nordeste japonês em 2011.

Ainda não começaram a repetir o mesmo ao dessa palavra até porque não foi tema de nenhum grande noticiário brasileiro, mas deverá sê-lo quando o novo imperador for anunciado ao mundo. Em áudio, até o momento, apenas comentários de nipo-brasileiros que vivem no Japão e, portanto, com pronúncias corretas. Vamos aguardar.

Se bem que, dessa vez, acho que será favorável ao aprendizado dessa leitura porque tsunami foi uma ocorrência temporal, enquanto a da nova era, se for tão longa quanto a maioria, pode estimular a curiosidade à leitura romaji.

Que tal começarmos já? Ou seja, a primeira sílaba em REIWA lê-se como a segunda em TIREI, e não como em português por vir no começo da palavra. O mesmo vale a “romaji”, com a primeira sílaba sendo lida como a segunda em “aroma”. Aliás, sua terceira também tem outra leitura… como “di” em dinheiro.

É isso aí!

 

Silvio Sano

- Formado em arquitetura pela Univ. Mackenzie (1974), auge: ampliação do estádio Santa Cruz (Recife, 1981); conhece o Japão por quatro óticas (bolsista 1975, lua-de-mel 1980, Univ.Nagoya 1985/887 e decasségui 1989/1992); colunista e chargista desde 1996; escritor, com sete livros publicados (Kontos, Krônicas & Kanções foi o último); compõe versões em português de músicas japonesas (Youtube), mas também de outras línguas (Hallelujah=>HalleLULA, do inglês); cantor nas categorias Pop e Internacional e, palestrante (tema atual = conflitos nikkeis mesmo 110 anos depois);

- Vice-presidente do Conselho Deliberativo da ACA Mie Kenjin do Brasil, Assessor de Comunicação e Imprensa da UPK (União Paulista de Karaokê) e um dos adminiostradores dos sites Nikkeyweb e UPK. 

www.facebook.com/silvio.sano.7
twitter.com/silvio_sano
silvio.sano@yahoo.com

1 Comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Acontece

Associação Hokkaido

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Acontece

Associação Hokkaido

%d blogueiros gostam disto: