Acontece Cultura Entretenimento Novidades

Lideranças jovens se reúnem na live I GANBAXÉ Seinen

O Cônsul geral do Recife Kasuaki Sano e lideranças dos Seinen do todo o país que irão participar da live.

 

Diante de um cenário de incertezas, a geração Y tem sido a maioria na força de trabalho em vários segmentos, nas entidades japonesas não é diferente. São pessoas que têm idades entre o final dos 18 e o início dos 30 anos, representando uma mudança significativa nas entidades. Acontece a live “I GANBAXÉ Seinen” nos dias 17 e 18 de julho, às 17h30 e às 16h, com o objetivo de fortalecer e integrar os grupos e entidades nikkeis do Nordeste, mas também contando com apoio e participação de outras regiões.

 

Estudante de Engenharia Marcel Ryuichi Sunano comanda o Seinen de Salvador na Bahia.
Foto: divulgação

 

Em bate papo informal, o estudante de engenharia de mecânica da Universidade Federal da Bahia, Marcel Ryuichi Sunano preside o Seinen de Salvador destaca a importância de lideranças jovens nas entidades japonesas no Brasil. “A finalidade do evento é de motivar, discutir e aprender os temas importantes e contemporâneos que palestrantes experientes vão trazer”, afirma. “A live será demandada com temas da atualidade como as Relações entre Brasil e Japão em tempos de pandemia com a participação do Cônsul Geral do Recife, Hiroaki Sano. Temas fundamentais como Liderança e Felicidade, com Leando Iuamoto e Vinícius Kitahara”, esclarece o estudante.

“Durante o evento haverá compartilhamento de experiências com intercambistas e moradores no Japão, apresentações sobre atividades culturais e voluntariado com convidados especiais. A live será transmitida pelo Youtube da Anisa e terá vários momentos para responder as perguntas do público e sorteios”, garante Marcel.

 

Lika Kawano é uma líder referência nos eventos japoneses no Nordeste brasileiro.
Foto: divulgação

 

Para Lika Kawano, presidente da Associação Nikkei de Salvador (Anisa) idealizadora do GANBAXÉ (junção das expressões de força = Ganbatê e Axé) defende a necessidade da participação dos jovens nas entidades nikkeis. “No cenário atual, tão competitivo e turbulento, é preciso ter líderes trabalhando com os jovens profissionais que desejam inovar”, afirma. “A liderança jovem é extremamente importante para as empresas e entidades Nikkeis. Os jovens têm uma forma muito diferente de olhar o mundo”, explica a presidente. 

“A manutenção e principalmente a existência das entidades Nikkeis dependem dos jovens com suas experiências que agregam positivamente e, principalmente com a tecnologia, que acabam tornando-os tão valiosos. Enfim, precisamos preparar os nossos sucessores, é fundamental entender que a pouca idade não é obstáculo para assumir grandes posições”, conclui Lika Kawano grande promotora da Cultura Japonesa no Nordeste do Brasil, e é responsável pelo maior evento, o ‘Festival da Cultura Japonesa – Bom Odori de Salvador’.

 

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ