Colunas Krônicas

O Ser Humano é algo que não deu certo!

Há muito que pretendia abordar a respeito até ler essa afirmação advinda, semanas atrás, de uma matéria que se referia a um jovem de 19 anos que foi drogado por um vizinho, participado de atos sexuais e desaparecido para nunca mais saberem seu paradeiro… Ocorreu nos EUA há muitos anos.
Só por isso?”, muita gente deve ter estranhado minha intenção.
Não apenas por isso, lógico.
É que a frase já estava em mim… rs. O autor é desconhecido, mas até Flávio Migliaccio a usou, quase igualmente (“A humanidade não deu certo”), na carta ao cometer suicídio há dois anos.
Então também quero usá-la… rs, apesar de muitos também a quererem, suponho, mais motivados pelos genocídios do século 20 (Lenin, Stalin, Hitler, Mao, Pol Pot, etc., etc.). Eu… vou além.
A frase começou a ficar inerente em mim à medida que lia, veja só, matérias sobre… descobertas arqueológicas! Sim! Sempre fui interessado no assunto porque ficava impressionado e admirado com as grandes realizações desse tal… ser humano. Isso, até começar a perceber o quanto de crueldade ele também fazia, desde sempre… ao próprio semelhante!
Em muitos dos esqueletos descobertos, por exemplo, não haviam apenas marcas de guerras, mas também de muita violência, crueldade e até sadismo. Mesmo nos baseados em religião, com sacrifícios humanos que incluíam até crianças.
E não dá para considerar que tudo isso seja obra de um ser humano do passado porque o que Pol Pot fez foi recentemente, no final do século 20. Sem contar que pairam (?) dúvidas sobre a origem da Covid-19? Né, não?!
E mais. Contemporâneo deste excepcional momento digital, ao mesmo tempo que fico maravilhado com as conquistas tecnológicas como internet, GPS, etc… fico possesso com o uso criminoso que alguns “seres humanos” fazem das mesmas, com consequências aterradoras.
Como se não bastasse, agora, até para a questão de opinião, devido à comunicação via internet e redes sociais, para o bem ou para o mal, isso também ocorre. Não que antes não houvesse. Sempre houve, mas não com o alcance global e imediatismo atual, porque “antigamente” determinadas opiniões eram barradas antes… via guilhotina, por exemplo… rsrs.
Atualmente, nem a guilhotina é tão ágil para barrá-las. Tudo é “compartilhado” de imediato para o mundo, para a satisfação de militantes extremistas porque podem vociferar absurdos que somos obrigados a engolir. Mas, infelizmente, também os incautos.
Por essas e… pela História da Humanidade, assumo também, de vez, essa afirmação!

Silvio Sano

- ARQUITETO, pela Univ. Mackenzie (1974), tendo como auge o projeto executivo da arquibancada superior do Estádio Santa Cruz (Recife), em 1981/82; ESCRITOR (sete livros, um dos quais: Corinthians, 100 Anos - Gols Ilustrados); COLUNISTA e CHARGISTA, desde 1996; JORNALISTA, com MTb desde 2012; e, COMPOSITOR (haicais e versões em português de músicas estrangeiras);
- conhece o Japão por quatro óticas diferentes (bolsista, 1975; lua-de-mel, 1980; Univ. Nagoya, 1985/87; e. decasségui, 1989/92);
- um dos administradores dos sites Nikkeyweb e Portal Oriente-se.
- Palestrante (tema atual: Konflitos Nikkeis, mesmo após mais de um século);
- tem páginas no Facebook, Twitter, Instagram e canal no Youtube
- email: silvio.sano@yahoo.com

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ