Acontece Cultura Entretenimento Musica Oriente-se

Concerto Bunkyo apresenta LUCAS MURAMOTO e LEANDRO ROVERSO em 17 de julho

Concerto Bunkyo apresenta LUCAS MURAMOTO e LEANDRO ROVERSO

Depois do grande sucesso do jazzista japonês Makoto Ozone, a Comissão de Música do Bunkyo convidou dois talentosos paulistanos para se apresentar no palco do Pequeno Auditório no próximo dia 17 de julho, às 11h.

Lucas Muramoto, o violoncelista (Foto: Divulgação)

Lucas Muramoto, ao violoncelo, e Leandro Roverso, ao piano, interpretam um repertório muito especial, que inclui obras de cinco compositores japoneses.

“A série de Concertos Bunkyo busca conexão Brasil-Japão por meio da música, seja através das obras, compositores, intérpretes ou instrumentos musicais”, explica Carlos Harasawa, presidente da Comissão de Música do Bunkyo, acrescentando que, “é uma iniciativa única com essas características”.

Natural de São Paulo, Lucas nasceu em 2000 e mudou-se para o Japão com um ano de idade, e começou a estudar violoncelo em Tóquio. Em 2017, retornou ao Brasil e estudou na Academia de Música da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo), após ter recebido uma bolsa de estudos de dois anos.

Atualmente, ele estuda na Universidade Mozarteum Salzburgo, sob a orientação de Giovanni Gnocchi, e com Antonio Meneses na Accademia Musicale Chigiana, em Siena, na Itália.

Já participou de masterclasses de violoncelistas como Jakob Koranyi, Jérôme Pernoo, Julian Steckel, Marcio Carneiro, Pieter Wispelwey, Tamás Varga, e muitos outros.

Durante seus estudos em São Paulo, foi bolsista do Festival de Música de Câmara Ilumina, onde colaborou com artistas como Alexandra Soumm, Alexi Kenney, Bartholomew Lafollette, Cristian Budu, Jeniffer Stumm, Roman Simović, Tai Murray, e Yura Lee.

Na Universidade Mozarteum Salzburgo trabalha com pedagogos como Imre Rohmann, o Quarteto Hagen, e Thomas Riebl. Também faz parte do programa “Yehudi Menuhin Live Music Now” como bolsista.

Em 2019, Lucas foi o solista convidado da turnê europeia da Japan Youth Orchestra e tocou em salas de concerto como o Musikverein em Viena e o Palácio Danúbio em Budapeste.

Foi premiado pelo governo do estado de São Paulo no Festival de Campo do Jordão, assi;. m como no Concurso Internacional FNAPEC em Paris, e no Concurso Enrico Mainardi em Salzburgo.

Leandro Roverso, natural de São Paulo, iniciou seus estudos de piano aos cinco anos de idade, e foi com Yuri Pingo (discípulo de Marisa Lacorte), e Nilze Kruze (discípula de Bruno Seidhoffer), que consolidou sua formação. No exterior, estudou na Academia Superior de Música Franz Liszt – Budapest, Hungria – na classe do pianista Gábor Éckhárdt.

Ganhou prêmios em eventos expressivos da música, como em 2006, no Festival de Inverno de Campos dos Goytacazes (RJ), onde foi laureado com o prêmio de aluno destaque do Festival e convidado para solar com a orquestra academia no ano seguinte.

Em 2008, participou do Festival Música das Esferas – Festival Internacional de Música de Bragança Paulista (SP) – no qual conquistou o prêmio “Raphael Barker” como aluno destaque do festival. Por ter recebido a grande maioria dos votos do corpo docente, foi convidado para solar com a orquestra acadêmica na edição de 2009.

Em 2009, participou da produção “Variant Vibrations” – do Quarteto da Amizade and Friends –, com a música Statu Vitae ao lado de Zoltan Paulinyi.

O Pianista Leandro Roverso. (Foto: Divulgação)

Leandro já apresentou recitais em diversos países pela Europa, como em Graz, Pörtschach e Vienna – Áustria, Croácia, Alemanha e Hungria. Também em diversas cidades brasileiras.

No ano de 2012, foi convidado para se apresentar em Tokyo – Japão nas dependências da Yamaha – Ginza, cujo recital reuniu obras brasileiras e argentinas.

Desde o começo de 2016, participa do projeto PIANOSOFIA, dirigido pelo pianista Cristian Budu, que tem como objetivo o desenvolvimento e a integração de músicos, permitindo ao pianista a formação e participação em novos grupos musicais.

Em março de 2019, foi convidado a ser membro do júri do primeiro concurso juvenil de piano organizado pela WPTA (World Piano Teachers Association) em San José – Costa Rica.

Programa do Concerto

– Ludwig van BEETHOVEN • Variações sobre o tema “Bei Männern, welche Liebe fühlen” de “A Flauta Mágica” de Mozart – 9’30

– Camargo GUARNIERI • Sonata para violoncelo e piano #1 – 18’

– Hisatada OTAKA • Nocturne – 8’

– Rentaro TAKI • Hana (Flor) – 5’

– Tamezou NARITA • Hamabe no uta (Canção da beira-mar) – 5’

– Teiichi OKANO • Furusato (Minha terra natal) – 5’

– Jo HISAISHI • Departure – 5’

Concertos Bunkyo 2022, organizado pela Comissão de Música, tem o patrocínio de Café Fazenda Aliança, Fundação Kunito Miyasaka, Sansuy e Kanaflex. Conta com o apoio do Consulado Geral do Japão em São Paulo, jornais Diário Brasil Nippou e Nippon Já; realização Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo.

Serviço:

Concertos Bunkyo 2022

Dia/hora: 17 de julho, domingo, a partir das 11hLocal: Pequeno Auditório – Rua São Joaquim, 381 – 3º andar do Prédio Anexo.Estacionamento terceirizado: Rua Galvão Bueno, 540Entrada: R$20,00Ingressos Antecipados pelo Sympla: https://bit.ly/3xstf4dSolicita-se a doação de 1kg de alimento não perecível que será doado a entidades beneficentes.

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ