Cultura Notícias

Jardim Oriental distribui amá-chá em homenagem ao aniversário de Buda

Imagem de Buda no amá-chá para ser banhado. Foto: Luci Judice Yizima
Imagem de Buda no amá-chá para ser banhado. Foto: Luci Judice Yizima

Diferente das edições anteriores do Hana Matsuri que era distribuído amá-chá na Praça da Liberdade. Este ano os monges distribuem amá-chá em homenagem ao aniversário de Buda no Jardim Oriental no bairro da Liberdade, no centro de São Paulo. O destaque do evento será no sábado (8), com a realização da Cerimônia Budista celebrada na Praça da Liberdade, onde será montado um palco a partir das 10 horas, após será distribuído ramos de flores. Em seguida ocorre o cortejo solene do “elefante branco” carregando a imagem do Buda Criança, com a participação de diversas escolas infantis e acompanhamento de grupo musical, outro destaque do festival. O evento é promovido pela Federação das Escolas Budistas do Brasil, a Associação dos Admiradores do Buda Xaquiamuni, a Aliança Feminina Budista do Brasil e a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal).

 

Visitante que por curiosidade fez o culto e doou oferendas. Foto: Luci Judice Yizima

 

O estudante fez pedido a Buda. Foto: Luci Judice Yizima

Durante esta semana, milhares de pessoas vieram prestigiar a imagem de Buda, banhando com amá-chá fazendo pedidos no Jardim Oriental. Nesta 51ª edição do Hana Matsuri ou Festa das Flores – é comemorado os 2641 anos de nascimento do Buda “Xaquiamuni”, na Praça da Liberdade. Nesta data as crianças estarão vestidas tipicamente a caráter conforme a ocasião, representando através de seus trajes, as deusas do céu e da terra, pois segundo a lenda, o nascimento do Buda estas deidades vieram cortejá-lo, e o “elefante branco” que leva o Buda representa uma preciosidade única. O cortejo solene partirá da Praça da Liberdade, percorrendo a Rua Galvão Bueno, Rua Américo de Campos até a Avenida Liberdade nº. 365, sede da Acal.

 

Visitantes fazem fila para fazer pedido a Buda. Foto: Luci Judice Yizima

 

Ritual – Em São Paulo, o Hana Matsuri é comemorado tradicionalmente na Praça da Liberdade e um altar é ornamentado com flores naturais, chamado “Hanamidô”, simbolizando o jardim onde o Buda nasceu que abriga em seu interior a imagem de Buda. Homenageia-se o Buda, espargindo sobre sua imagem chá adocicado (amá-chá), lembrando seu nascimento, que de acordo com a lenda, uma música celestial ecoou pelos quatro cantos do universo e todos os seres que habitavam o mundo sentiram uma grande aventurança. As flores desabrocharam e do céu caiu uma suave chuva de néctar, simbolizada pelo chá adocicado.

 

Buda é cultuado no Jardim Oriental. Foto: Luci Judice Yizima

 

Conforme a crença popular, as pessoas que assim homenageiam são abençoadas e podem ter seus pedidos atendidos. Durante a semana de comemorações, não apenas fiéis budistas, mas o público em geral sobe ao palanque na Praça da Liberdade, saudando o Buda pelo seu nascimento.

 

Público degusta amá-chá para celebrar o aniversário de Buda. Foto: Luci Judice Yizima

 

 

Serviço:

51ª Edição Hana Matsuri – Festa das flores (Aniversário de Buda Xaquiamuni)

Onde: Praça da Liberdade.

Datas: 08 de Abril

Horas: 10h Cerimônia de Encerramento do 46º Hana Matsuri;

11h Cortejo Solene do Elefante Branco

Informações: (11) 3208-5090

Luci Júdice Yizima

Jornalista e Fotógrafa
lucijornalismo@hotmail.com
(11) 99738-7200

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

%d blogueiros gostam disto: