Colunas Krônicas

KRÔNICA: Bonenkai… bonenkai… kouhaku!!

Bonenkai... bonenkai... kouhaku!! (Ilustração: Alex Endo)

Pois é… Nas comunidades nipo-brasileiras… corrigindo, em todas as comunidades nikkeis do mundo… ou melhor, mesmo no Japão… não!, na verdade… em todos os países do mundo, independentemente de etnia, esta é a época dos bonenkais!

Lógico que para o bom entendimento desse confuso parágrafo inicial preciso começar pelo significado do termo. Né, não?!

O problema é que nem pela tradução literal posso começar. Explico. O “bo” significa esquecer; o “nen”, ano; e, o “kai”, reunião… ou, “Reunião para esquecer o ano”?. Hum! Para piorar, devido à leitura múltipla dos caracteres japoneses dos kanjis, acabei descobrindo um “bo” escrito com outro, cujo significado é: esperança. “Reunião por um ano de esperança”?.

Sei lá! E sei menos ainda de como e quando entrou em minha cabeça o significado real, que é o da simples “confraternização de final de ano”, razão de, lógico, ocorrer no mundo inteiro independentemente de etnias, religiões e até mesmo… classes sociais.

Tá! O rodeio todo foi para esclarecer o termo, mas porque replicá-lo?

É que, teoricamente, um bonenkai bastaria!, mas não a quem tem tantos círculos de amigos e atividades. Por isso… Bonenkai… bonenkai… kouhaku!, Ops?… Kouhaku?!

Ok. Vamos à esta explicação também. Nesse caso, é porque a razão dos vários círculos de amigos advém do boom karaokê no meio da comunidade que fez com que todas as associações o adotasse. Daí, com os concursos relativos a feitura de novos amigos foi apenas consequência e os convites para participar de seus bonenkais, idem.

E o Kouhaku com isso? Ah… sim! Neste caso a tradução literal ajuda. Antes, completo o nome que o justifica: Kouhaku Utagassen. Ou, Kou=vermelho, haku=branco, Uta=música e gassen=batalha. Batalha musical entre equipe vermelha e branca, sendo a vermelha composta por cantoras e a branca, por cantores que, como o bonenkai, acaba também sendo mais uma forma de confraternização de final de ano. E muitas associações o realizam.

Por isso, de minha parte, desejo aqui um Feliz… feliz Natal e Shinnen Omedetou… omedetou para Todos!!

 

Silvio Sano

- Formado em arquitetura pela Univ. Mackenzie (1974), auge: ampliação do estádio Santa Cruz (Recife, 1981); conhece o Japão por quatro óticas (bolsista 1975, lua-de-mel 1980, Univ.Nagoya 1985/887 e decasségui 1989/1992); colunista e chargista desde 1996; escritor, com sete livros publicados (Kontos, Krônicas & Kanções foi o último); compõe versões em português de músicas japonesas (Youtube), mas também de outras línguas (Hallelujah=>HalleLULA, do inglês); cantor nas categorias Pop e Internacional e, palestrante (tema atual = conflitos nikkeis mesmo 110 anos depois);

- Vice-presidente do Conselho Deliberativo da ACA Mie Kenjin do Brasil, Assessor de Comunicação e Imprensa da UPK (União Paulista de Karaokê) e um dos adminiostradores dos sites Nikkeyweb e UPK. 

www.facebook.com/silvio.sano.7
twitter.com/silvio_sano
silvio.sano@yahoo.com

Deixe seu comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OPORTUNIDADE PARA 2020

PROCURANDO EMPREGO?

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

OPORTUNIDADE PARA 2020

PROCURANDO EMPREGO?

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ