Notícias Novidades Sustentabilidade

Lago do Largo da Pólvora ganha espelho d’água com Nishikigoi

Associações japonesas se unem com a iniciativa privada para revitalizar o Largo da Pólvora (Foto: Luci Judice Yizima)

Quem anda pelo bairro da Liberdade não imagina que existe um Oasis em meio aos prédios no quadrilátero das Ruas Tomas Gonzaga, Américo de Campos, Avenida Liberdade e Rua Galvão Bueno. Mas graças a iniciativa da FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado em parceria com a JCI Brasil Japão e GreenLine / Ama Brasil, e apoio da Oisca colore o lago do Largo da Pólvora com 12 Nishikigoi (carpas coloridas) doadas do Pavilhão Japonês do Parque Ibirapuera.

 

Grande Tooro (lanterna de pedra) doado pelo governo japonês (Foto: Luci Judice Yizima)

 

Localizado no coração da Liberdade, o Largo da Pólvora é uma praça tímida no centro da cidade de São Paulo. Atualmente, conta com um jardim, pontes no estilo oriental e 3 lagos com 12 nishikigoi (peixes coloridos ornamentais), tem bancos, duas pontes no estilo oriental e é cercado. É delimitado pela Avenida da Liberdade, Rua Tomás Gonzaga e Rua Américo de Campos. Também ganhou de presente do governo japonês um grande Tooro (lanterna de pedra), tem a estátua do pai da Imigração Shuhei Uetsuka. Em breve ganhará mais dois Bustos dos pais da imigração japonesa no Brasil.

 

Pontes no estilo oriental fazem parte do paisagismo do Largo da Pólvora
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

Vegetação da mata nativa, pedras, Tooros, lagos e carpas coloridas fazem da praça o oásis da Liberdade
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

O reitor da FECAP, Taiguara Langrafe destaca a importância de revitalizar o Largo da Pólvora. “A cidade, o bairro da Liberdade um dos pontos turísticos da capital paulista, tão visitado merece muita atenção. Estamos muito satisfeitos com a revitalização da praça, dando vida e movimento para quem passa pelo espaço“, diz. “Estamos reapresentando a cidade um espaço excelente para lazer e convívio. Agradecemos a Oswaldo Takaki san da Oisca, e Seiji Ito san do Pavilhão Japonês pela doação de lindos Nishikigois ao lago no Largo da Pólvora. Juntos podemos mais. E há mais melhorias por vir”, garante Taiguara.

 

“Aos poucos a praça vai tomando seu paisagismo original”, diz Seiji Ito
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

Para Hermann Neto presidente da Green Line e da Associação Ama Brasil é categórico em afirma que, “a valorização dos espaços públicos é muito importante, haja vista que os paisagistas fazem a criação dos espelhos d’água para trazer equilíbrio para arquitetura e para boa convivência das pessoas”.

 

“Os espelhos d’água trazem equilíbrio para arquitetura e para boa convivência das pessoas”, diz Hermann
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

Tooro (lanterna de pedra) harmonizam a decoração do Largo da Pólvora
(Foto: Luci Judice Yizima)

De acordo com o Hermann, os espelhos d’água no Brasil têm sido muito mal conservados, o que causa o desequilíbrio desses ambientes. “Então o Largo da Pólvora e outros locais em São Paulo, em Brasília e outras cidades precisam ser valorizados com esses espaços públicos. A retomada da revitalização do Largo da Pólvora traz harmonia para as pessoas que transitam e moram no entorno. Nós estamos fazendo do Largo da Pólvora área de convivência para que possamos multiplicar  o laboratório, esse projeto para outros locais de São Paulo em parceria com Subprefeitura Regional da Sé”, garante Hermann que no futuro pretende expandir o projeto às praças de São Paulo como a Praça da República, Praça da Sé e o Parque da Luz para equilibrar a fauna aquática desses lugares.

 

Lago do Largo da Pólvora ganha espelho d’água com Nishikigoi
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

“A responsabilidade da manutenção dos espelhos d’água cabe às empresas Greenline e minha Associação Ama Brasil, será o nosso compromisso quanto a qualidade da água, alimentação das carpas. Para que a qualidade da água seja possível fechamos parceria coma a empresa Grupo Sarno que são fabricante e instalações de sistemas de filtragem. Também estamos entrando com uma empresa de nutrição e alimentação para fornecerem alimentação de forma cooperada e aos poucos cada vez mais empresas vão aderindo ao projeto do Largo da Pólvora”, destaca Neto.

 

Esforço coletivo faz soltura de carpas coloridas no Lago do Largo da Pólvora
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

Rodolfo Wada presidente da JCI Brasil Japão explica que essa parceria com a FECAP e Greenline e Ama Brasil foi idealizado em 2014. “Para nós da JCI é uma grande alegria participar de ações de revitalização, especialmente no Bairro da Liberdade onde fica a sede e grandes parceiros”, comemora. “Aproveitando este espaço gostaria de convidar a todos a conhecer ou voltar ao Largo da Pólvora, local histórico de São Paulo e que esperamos cada vez mais fazer parte dos passeios e do turismo da cidade de São Paulo”, conclui Wada.

 

“A responsabilidade da manutenção dos espelhos d’água cabe às empresas Greenline e minha Associação Ama Brasil, será o nosso compromisso quanto a qualidade da água, alimentação das carpas”, declara Neto
(Foto: Luci Judice Yizima)

 

“Aos poucos a praça vai tomando seu paisagismo original, mas para isso é importante que todos apreciem o local preservando limpo e mantendo em ordem sem jogar comida para as carpas e jogando o lixo no lixo. Preservando a vegetação e o mobiliário do local”, destaca Seiji Ito o Vice-presidente da Comissão de Administração do Pavilhão Japonês.

 

“Agradecemos a Oswaldo Takaki san da Oisca, e Seiji Ito san do Pavilhão Japonês pela doação de lindos Nishikigois ao lago no Largo da Pólvora. Juntos podemos mais. E há mais melhorias por vir”, garante Taiguara.
(Foto: Luci Judice Yizima)

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Acontece

Associação Hokkaido

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Acontece

Associação Hokkaido

%d blogueiros gostam disto: