Saúde & Bem Estar

Membros da JICA Yokohama e São Paulo visitam Hospital Santa Cruz

Representantes da JICA conheceram as instalações do Hospital e sua importância histórica na comunidade nikkey no Brasil. (Foto: divulgação)

Os representantes da JICA puderam conhecer as instalações do Hospital e sua importância histórica na comunidade nikkey no Brasil. Na tarde de 20 de fevereiro, o Hospital Santa Cruz recepcionou membros da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), tanto de Yokohama quanto de São Paulo: Sra. Mitsuko Kumagai, diretora geral da JICA Yokohama, Sr. Katsuto Kida, vice-diretor da JICA Yokohama, e o Sr. Masanari Mase, representante da JICA São Paulo.

Os executivos foram recepcionados pela diretoria do Hospital Santa Cruz, no Centro de Apoio ao Médico, por integrantes da Instituição. Na oportunidade, estavam presentes o Sr. Renato Ishikawa, presidente do HSC, o Sr. Mario Sato, primeiro diretor vice-presidente do HSC; o Dr. Koshiro Nishikuni, diretor do HSC e médico consultor da JICA, o Dr. Leonel Fernandes, superintendente geral, o Dr. Julio Yamano, diretor técnico e o Sr. Tomohiro Yanagisawa, da área de Relações Institucionais.

Foi realizada uma apresentação institucional em japonês e, em seguida, os representantes da JICA visitaram as instalações da Instituição, com foco nas áreas de Endoscopia e Nutrição. Também tiveram contato com profissionais da área de Enfermagem, que estiveram no Centro Internacional JICA Yokohama, em maio de 2016, para um treinamento sobre o Programa 5S Kaizen, que se refere à organização do ambiente de trabalho e também otimização das tarefas diárias de acordo com cinco critérios: Senso de Utilização (Seiri), Senso de Organização (Seiton), Senso de Limpeza (Seiso), Senso de Padronização (Seiketsu) e Senso de Disciplina (Shitsuke).

De acordo com Tigussa Yoshida, supervisora de Enfermagem da Central de Agendamento Cirúrgico, a implantação do Programa 5S auxiliou a organização da área de trabalho e dos processos em geral e, principalmente, na disciplina para a correta manutenção desses processos. “Com o treinamento que obtivemos na JICA Yokohama, em 2016, foi possível trazer mais agilidade no dia a dia e também diminuição de perdas de materiais”, destaca.

Para Katia Yamagushi, enfermeira chefe do Setor de Endoscopia HSC, que também esteve presente no treinamento no Japão, um dos principais benefícios que o Programa 5S trouxe foi, sem dúvida, a facilidade na procura dos materiais, por ficarem melhor identificados. “Tudo o que era desnecessário foi descartado e os materiais que eram usados ocasionalmente, foram mantidos um pouco afastados do local de trabalho”, complementa.

De acordo com a Sra. Mitsuko Kumagai, “o Hospital Santa Cruz possui uma história de longa data e, além disso, o seu bom gerenciamento tem impressionado muito atualmente. Estou convencida de que o hospital continuará contribuindo para a comunidade japonesa e para todos no Brasil”.

A Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) é um órgão do governo japonês responsável pela implementação da Assistência Oficial para o Desenvolvimento (ODA) que oferece suporte para o crescimento e a estabilidade socioeconômica dos países em desenvolvimento. A JICA conta com uma rede de escritórios que se estende por quase 100 países e presta assistência a mais de 150 países no mundo todo.

 

 

Sobre o Hospital Santa Cruz

Fundado para auxiliar os imigrantes japoneses e com o compromisso de oferecer um atendimento médico hospitalar de excelência no Brasil, foi inaugurado em 1939 e desde então esteve sempre dedicado em proporcionar uma vida melhor e mais saudável à população. Atualmente, o Hospital Santa Cruz é reconhecido pela tecnologia de ponta em tratamentos, ações de responsabilidade social e sustentabilidade, atividades de ensino e pesquisa, além do atendimento humanizado com profissionais habilitados em língua japonesa.

Realiza mais de 1 milhão de atendimentos ao ano, com atuação integrada e multidisciplinar, tendo 46 especialidades, ambulatório, pronto atendimento e dois centros cirúrgicos, um geral e outro oftalmológico, capacitados para executar operações de alta complexidade. Dispõe de 141 leitos distribuídos em apartamentos e enfermarias e conta com 10 leitos de UTI geral, 10 de UTI neurológica e 10 na unidade coronariana. Possui ainda uma unidade específica para o transplante de medula óssea com modernas instalações na área de hemodinâmica e serviços diagnósticos de análises clínicas e de imagem para realizar exames com precisão, segurança e agilidade.

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Haru Matsuri

Arena Radical

MASSAGEM ASIÁTICA

Tradutor Juramentado

Assessoria Contábil

KARATÊ

Haru Matsuri

Arena Radical

%d blogueiros gostam disto: