Aconteceu! Você viu? CAPA Cultura Karaokê

O Taikai do Bunka SBC retorna ao presencial de forma surpreendente!!

(foto: Tetsuo Yoshimoto)

Após dois anos da realização do último, retomar o tradicional taikai presencial causou, naturalmente, muita preocupação à comissão organizadora quando decidiram por realizá-lo, mas o resultado final foi surpreendente, constatado pelo auditório lotado quase que do começo ao final do evento.
Assim foi o XXXV Karaokê Taikai Bunka SBC, realizado no dia 22 de Maio de 2022, em sua sede localizada na Rua Bragança, 15  Vila Lusitânia, em São Bernardo do Campo.

livro programa
Abertura Oficial
Tiyomi Takase, presid UPK
Apresentadores
Tetsuo Yoshimoto, Francisco Utsunomia e Douglas Nishikawa

 

O evento, que teve início às 9 horas conforme programado, apresentou uma novidade que não ocorria mesmo antes da pandemia com seus assentos já quase todos tomados, mesmo considerando que, apesar de liberada parcialmente as normas sanitárias, a comissão resolveu mantê-las.
Nossa! Às 10 horas, quando conversava online com o pessoal da Utacon, já lhes revelara o número impressionante de convidados e cantores presentes desde o início até aquele momento. Situação se repetiu quase que o dia todo”, revelou Tiyomi Takase, uma das coordenadoras do evento e atual presidente da UPK. “Ainda preocupada com o momento causado pela pandemia a comissão resolveu realizar premiações contínuas a fim de liberar os cantores a se retirarem, principalmente os mais idosos, mas não adiantou porque a ansiedade por esse retorno e reencontro com os amigos era maior”, sorriu, ela, para justificar essa situação.
O presidente da entidade, Silvio Nakashima, também justificou o sucesso alcançado. “Minha impressão foi a de que, após longos meses marcados por mudanças drásticas e perdas irrecuperáveis, agora, o gradativo retorno possibilitou a volta de eventos presenciais, além do desejo geral de confraternização entre os amigos. Por isso tivemos até uma demanda significativa, mas bem controlada, com cerca de 256 cantores inscritos antecipadamente”, justificou. “O momento ainda requer muita cautela. Sabemos que a volta é inevitável e o retorno dos grandes eventos deverá mesmo acontecer. O Bunka também pretende retomá-los de forma gradativa, trabalhando para oferecer muita alegria, mas também com segurança”, finalizou.

O taikai (com a Lista dos Campeões no final da matéria)

Com a comissão de jurados formada por Elsa Fuchimi (presidente), Cláudio Tsutiya e Kozo Kawabata, o taikai teve início, portanto, às 9 horas, em ponto, com a participação de cerca de 265 cantores devido à aceitação de inscrições a posteriori, ainda dentro desse espírito que atraiu cantores de longe, como de Guarulhos e Campinas, além de São Paulo… e até a um cantor que mora no Japão, que está a passeio no Brasil, mas participante assíduo de taikais e treinos online do Brasil.

(fotos: Hatsue Tsuha e Tetsuo Yoshimoto)

 

O Som ficou sob a responsabilidade de Fernando Sasaki e a Contagem de Pontos a cargo de Kimiko Taniguchi, ambos mostrando além das eficiências conhecidas, satisfação pelo retorno dos eventos presenciais.

 

O clima do retorno aos presenciais
Nossa! Foi muito bom porque todos estavam saudosos desses eventos, onde se canta, mas também se conversa, se faz fofocas , mas principalmente por reencontrar amigos depois de tanto tempo”, expressou-se com muita satisfação a presidente da UPK, Tiyomi Takase. “Percebia-se a emoção dos cantores por enfrentar o palco novamente. Ver e ouvir os amigos foi o ponto alto para todos!”, finalizou.
Tetsuo Yoshimoto, vice-presidente da entidade, além de um dos apresentadores do taikai, ficou igualmente satisfeito por essa realização, de volta ao formato presencial. “O ânimo geral e a sensação de poder pisar no palco novamente, se traduziu em muita alegria e satisfação. Muitas pessoas, mesmo já tendo cantado e suas premiações realizadas, permaneciam no salão. As vontades de colocarem as conversas em dia era muito grande, além da também possibilidade de encontrar pessoalmente cantores que conheceram pelas plataformas virtuais e poderem se abraçar”, justificou. “As mulheres, como desde antes da pandemia voltaram a se esmerar no vestuário, mesmo que, agora, por ter sido apenas uma estrofe, com só um minuto e meio no palco; já os homens, como sempre também, com vestuário casual…”, concluiu sorrindo.

Cantores de Guarulhos e Zona Norte SP

O mais marcante dentre os reencontros, ou primeiro encontro, talvez tenha ocorrido com Kin Iti Eto, que mora no Japão e está a passeio no Brasil. Isso porque ficou muito conhecido no meio karaokê por suas participações desde o Japão em taikais e treinos online da comunidade. “Foi com imensa satisfação e alegria que pude participar desse concurso presencial no Brasil, onde encontrei muitos participantes que só conhecia virtualmente”, afirmou ele, com largo sorriso. “Fiquei surpreso com o número de pessoas que me conhecia e me receberam de braços abertos. Agradeço, de coração, a todas as pessoas que tiraram fotos comigo. Ficou algo em mim que nunca esquecerei na vida!”, mostrou-se grato. Sobre sua participação… “Mas ao ficar de pé naquele palco senti algo muito forte, as pessoas assistiam com muita atenção! Aquele olhar fixo deixou-me muito emocionado e acabei errando a letra da música! Kkkk… faz parte da emoção. Parabenizo os organizadores do evento. Foi maravilhoso!”, e completou informando que retornará ao Japão no dia 26, mas que voltará ao Brasil em 3 anos.
Ele também é o responsável pelo também já conhecido grupo GKKJ, com membros cantores no Brasil e Japão e que participam, agora, tanto dos online quanto dos presenciais, como neste, em que alguns deles faturaram o primeiro  lugar.

(foto: Kin Iti Eto)

Assim como os três cantores que vieram de Campinas, com o mesmo espírito. “Depois do Paulistão, nosso primeiro Taikai presencial após o início da pandemia. Estávamos muito ansiosos e também felizes por voltarmos a nos apresentar no palco, além de poder rever e assistir, ao vivo, nossos amigos do Karaokê. A pandemia nos afastou por muito tempo dos eventos presenciais, no entanto, através dos virtuais, tivemos a oportunidade de nos aproximarmos de colegas cantores que, antigamente, apenas admirávamos à distância nos eventos presenciais, mas que agora, neste, pudemos encontrá-los e cumprimentá-los de forma mais calorosa. Acho até que esse sentimento do ‘voltar’ aos eventos presenciais foi o mesmo para todos os participantes“, contou Christiane Aoki que veio acompanhada da irmã Reiko Shimabukuro e Vitorio Uehara, ambos também excelentes cantores.

Lista dos campeões do XXXV Taikai Bunka SBC (colaboração de Kimiko Taniguchi)

CATEGORIA No. NOME MUSICA
A-8/7 005A SEIKI IZU KOSHU
ESP-8 006A MITSUKO NAKATI ZASSO NO UTA
ESP-7 012 MASAO GOTO KIMI KOSO WAGA INOTI
EXT-8 024 TSUTOMU FUKAO AYAME UJO
EXT-7 031 YUTARO KIMURA ANATANI AITAKUTE
SUP-8 036 EICHI SUGAHARA YOGUIRI NO SAIKAI BASHI
SUP-7 052 TERUO SHIMOKI TOSHI TSUKI
B-765 057 HIDEYO WADA INOTI KARETEMO
A-6 063 PAULO SHIRATORI KITA NO TABIBITO
A-5 068 KASHIMI KATADA IGOSSO DAMASHI
ESP65 077 REIKO GOTO TOJIMBO
INF 085A ERICA IKEDA KAMOME NO SUIHEISAN
TIB 088 THIEMI TAMURA AI NO UTA
O-ESP 089 KEIKO TERUYA KOKONI SATIARI
SHJ-2 097 ROBERTO OCHIAI SHIRETO RYOJO
EXT62 103 LUZIA HEBARA AZUMINO
EXT61 113 MASAKO MORIKAWA TSUGARU KAIKYO FUYUGUESHIKI
EXT52 123 PAULINO TAKAHARA KITA NO HITORI BOSHI
EXT51 129 YUKIO TAKARA OMOIDE MAIGO
O-EXT 140 NAOMI MAEDA WATASHI NO HANA
SUP-6 152 FUMIKO KISHIMOTO HIBATI NO SADO JOWA
SUP54 163 MARIO HIDESHIMA AJISAI
O-SUP 170 FRANCISCO UTSUNOMIA HAHA
B-432 182 REGINA TENG TOKINO NAGARE NI MIO MAKASE
A-432 193 ELISA WADA SCANDALL
ESP-4 197 SEIGUI  ANAGUSKO SENAKA O KASHITE
E-321 201 FELIPE KANAMORI HITOSUJI NO SHIROI MITI
EXT-4 211 MITICO MATSUMOTO FARAWAY KONO SORANO DOKOKA DE
EXT-3 220 HUMBERTO HIDESHIMA KOKORO BANA
EXT-2 231 KEIKO AOKI TE
SUP32 238 ALBERTO NAKATA HAHA NO MAFURA
B-1 245 VINICIUS NAKAYAMA SAYONARA  NO KIPPU
A-1 251 LAIS SHIBA ITSUKA KITTO
EXT-1 255 SAYURI CUBO AIKO NO ASA

(texto: Silvio Sano – fotos do próprio e colaborações de Tetsuo Yoshimoto, Hatsue Tsuha e Kin Iti Eto)

 

Silvio Sano

- ARQUITETO, pela Univ. Mackenzie (1974), tendo como auge o projeto executivo da arquibancada superior do Estádio Santa Cruz (Recife), em 1981/82; ESCRITOR (sete livros, um dos quais: Corinthians, 100 Anos - Gols Ilustrados); COLUNISTA e CHARGISTA, desde 1996; JORNALISTA, com MTb desde 2012; e, COMPOSITOR (haicais e versões em português de músicas estrangeiras);
- conhece o Japão por quatro óticas diferentes (bolsista, 1975; lua-de-mel, 1980; Univ. Nagoya, 1985/87; e. decasségui, 1989/92);
- um dos administradores dos sites Nikkeyweb e Portal Oriente-se.
- Palestrante (tema atual: Konflitos Nikkeis, mesmo após mais de um século);
- tem páginas no Facebook, Twitter, Instagram e canal no Youtube
- email: silvio.sano@yahoo.com

1 Comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Para aqueles que desejam ver mais fotos do karaokê, podem entrar na minha página Hatsue Tsuha : 2002 – karaokê taikais…
    Foi um ótimo evento… todos retornando…

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ