Colunas Krônicas

Votar? Sim!… pela Pátria amada Brasil!

Quem acompanha minhas Krônicas sabe que, tal qual um colunista deve ser, dou opiniões sem o intuito de induzir o leitor a algo. Publico-as, na verdade, por interesse pelos comentários de retorno, prós ou contra, porque contribuem para minha própria formação.
Mas dessa vez tentarei induzi-lo, sim, por se tratar de um ato em prol da própria Pátria amada e devido ao momento. É que tentarei expor o que significa contrariar o título acima, ou seja, o ato do não votar… votar em branco ou anular o voto.
No que se refere ao momento, considero duas situações: ano de eleições que pode mudar os rumos da Nação… ou até acabar com ela, e a inerente “indiferença” do brasileiro nesse aspecto, por alienação ou pelo… “não tô nem aí!”.
Como assim acabar com ela? Simples. Basta olhar Cuba, China, Coréia do Norte, Venezuela, Bolívia, Argentina, etc., e, já a caminho, Chile. Esses países são apenas currais! Com a diferença de que nos reais os animais são alimentados para engorda, enquanto “nesses” a população é alimentada o suficiente para sobreviver… para produzir o que seus líderes almejam: poder e luxo!
Como chegaram a isso?
Por cabrestos colocados na população… via militantes… também “cabrestados”!
Até tiro o chapéu aos líderes pela estratégia que começou por “invadir” escolas, universidades, igrejas e mídias, para “fazerem a cabeça” da população.
No Brasil ainda estão na estratégia, mas por já vir desde há mais de duas décadas, é muito difícil reverter. Mas não impossível!
O único meio é, exatamente… tirar o cabresto da população! Fazê-la enxergar verdadeiramente o seu redor. Daí, deixá-la escolher!
Mas também esclarecer, visto que dentre os que se afirmam não alienados, para provarem que estão cientes, preferem praticar esses atos… como se protesto fossem.
É onde quero chegar.
Antigamente, quando não havia essa militância ferrenha atual das esquerdas para transformar o país num “curral”, até que esses atos eram compreensíveis. Mas atualmente, não!
Isso, porque esses militantes são quase 100% fiéis a seus propósitos e irão às urnas em massa, enquanto a população que se diz não alienada, “como protesto”, se omitirá por esses atos, fazendo com que… ATENÇÃO!, a proporcionalidade penda a favor deles… como aconteceu no Chile!
Entendeu a razão de se votar? Por não estar satisfeito com o momento é que, mais ainda, se deve ir votar!
Conforme afirmei sobre postura de colunista, não indicarei esse ou aquele candidato, apenas pedirei para que analisem cada um dos candidatos a fundo, de forma isenta, se querem o bem e o futuro do país ou apenas o poder pelo poder. E votem!
Agora, cá pra nós, como cidadãos brasileiros, dá para imaginar a possibilidade de o maior criminoso da Humanidade vir a ser um dos candidatos à presidência do meu país?!
E se mesmo assim acabar sendo, até irei votar, mas já duvidando de meu próprio voto nessa urna eletrônica. Né, não?!

Silvio Sano

- ARQUITETO, pela Univ. Mackenzie (1974), tendo como auge o projeto executivo da arquibancada superior do Estádio Santa Cruz (Recife), em 1981/82; ESCRITOR (sete livros, um dos quais: Corinthians, 100 Anos - Gols Ilustrados); COLUNISTA e CHARGISTA, desde 1996; JORNALISTA, com MTb desde 2012; e, COMPOSITOR (haicais e versões em português de músicas estrangeiras);
- conhece o Japão por quatro óticas diferentes (bolsista, 1975; lua-de-mel, 1980; Univ. Nagoya, 1985/87; e. decasségui, 1989/92);
- um dos administradores dos sites Nikkeyweb e Portal Oriente-se.
- Palestrante (tema atual: Konflitos Nikkeis, mesmo após mais de um século);
- tem páginas no Facebook, Twitter, Instagram e canal no Youtube
- email: silvio.sano@yahoo.com

2 Comentários

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Parabéns, Silvio san…..vc abordou muito bem esse tema: VOTAR?…SIM!…
    Mas, enquanto a grande maioria de amigos do nosso meio, mantiverem a premissa q O BRASIL NÃO TEM JEITO ou POLÍTICA É PARA OS POLÍTICOS ou ACREDITO SOMENTE NO Q A GRANDE MÍDIAS DIVULGAM…. e sobretudo qdo comentam nos grupos das redes sociais (principalmente no WhatsApp) q não gostam q compartilhe vídeos, links, áudios e textos sobre políticas, fica difícil “alertar” os isentões, os indiferentes ou os esquerdistas disfarçados de cantores (ou cantores esquerdistas disfarçados de isentões)….enfim, por sorte nos resta ainda alguns meses antes da eleição para propagarmos o valor real e verdadeira democracia.

  • Votar é o mais nobre dos atos num país democrático, por esse motivo, não devemos nos privar desse momento. Infelizmente uma dúvida cruel nos assombra sobre a real nobreza dos que dirigem os meios de coleta do voto, afinal se não possuem nada a esconder, por que a relutância descabida do voto impresso, será que gerará muito mais despesas?
    Ainda temos que ficar com essa “pulga atrás da orelha”.

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ