Acontece Cultura Exposição

Mostra “Ar: Acervo Rotativo” apresenta obras de pequeno formato na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo

O evento conta com a participação de artistas visuais nikkeis. Foto: Erico Marmiroli

 

Projeto surgiu em 2018 com a ideia de suprir lacunas no setor cultural. A exposição coletiva “Ar: Acervo Rotativo” segue aberta à visitação até o dia 19 de novembro de 2021 no espaço expositivo da Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bom Retiro, região central de São Paulo. O evento inédito é presencial e online, tem curadoria de Laerte Ramos e realização do Adelina Instituto.

A mostra conta com aproximadamente 300 artistas e 700 obras que traduzem a essência do artista em uma escala de pequeno formato, com peças medindo até 5×5 ou até 5 x 5 x 5 cm. O evento conta com a participação de artistas visuais nikkeis: Ana Takenaka, Mai Fujimoto, Rafael Kenji, Yuli Yamagata, Alisa Ossumi, Erica Kaminishi, Claudio Matsuno, Nilson Sato, Yara Fukimoto, Corina Ishikura, Claudia Inoue, Luciano Ogura, Marli Takeda, Daniele Shirozono, Élcio Miazaki, James Kudo, Cristina Suzuki, Cesar Fujimoto e Yohana Oizumi.

 

O acervo tem obras de artistas do Brasil, assim como do Japão, Nova Zelândia, Bélgica, Uruguai e Argentina.
Foto: Erico Marmiroli

 

O projeto segue somando artistas por onde passa e, em sua plataforma no Instagram [@acervorotativo], apresenta com transparência seu acervo público-independente em construção, e a possibilidade de conexão aos artistas via depoimentos em vídeo na plataforma do IGTV e seus perfis em redes sociais para contatos e pesquisas. O acervo tem obras de artistas do Brasil, assim como do Japão, Nova Zelândia, Bélgica, Uruguai e Argentina – possibilitando em breve parcerias com instituições culturais também no exterior.

Programação paralela
O Adelina Instituto também oferecerá programação paralela durante a exposição, que compreenderá programas públicos, debates abertos e atividades com escolas e o público em geral.

Sobre o Ar: Acervo Rotativo
A missão do projeto é a formação de um acervo público-independente com obras de artistas visuais contemporâneos brasileiros e estrangeiros. Os artistas são instigados a sintetizar sua poética de trabalho nas dimensões 5x5cm ou até 5x5x5cm.

 

Todas as obras em exibição física ou na plataforma on-line (@acervorotativo) são doadas pelos próprios artistas ao “Ar: Acervo rotativo” e serão expostas em museus, centros de cultura e instituições culturais.

 

O pequeno formato pode ou não ser interpretado como um desafio dentro da poética e pesquisa do artista, mas trará consigo a preciosidade do gesto e sua essência. O “Ar – Acervo rotativo” visa criar este acervo através da participação dos artistas, para atuar como um agente em diversas regiões possibilitando um recorte significativo da produção nacional e internacional.

Sobre o Adelina Instituto
O Adelina Instituto, fundado em 2017, desenvolve projetos de pesquisa, produção e compartilhamento de conhecimento em arte contemporânea, com o compromisso de fomentar a arte, a cultura e a educação e promover intercâmbios culturais entre artistas e curadores, ampliando horizontes, perspectivas e reflexões por meio de nossas ações e programações. São promovidos encontros, oficinas, publicações, cursos interdisciplinares, exposições, prêmios e ações educativas. Todas as faixas etárias são atendidas pelos projetos e intercâmbios que atendem a artistas, curadores, professores, estudantes e profissionais liberais. A instituição oferece bolsas e orientações artísticas.

SERVIÇO RÁPIDO
Exposição “Ar: Acervo Rotativo
curadoria: Laerte Ramos
artistas: cerca de 300
abertura: 28/10/2021, a partir das 16h
visitação: 29/10 até 19/11/2021 (presencial)
segunda à sexta-feira, 10h às 21h
sábados, 11h às 18h
visitas mediadas:
terça, 10h às 19h
quarta, quinta e sexta, 12h às 21h
sábados, 11h às 18h

local: Oficina Cultural Oswald de Andrade
Rua Três Rios, 363 – bom retiro
São Paulo – SP – 01123-001
tel: (11) 3222.2662
site: https://oficinasculturais.org.br/espacos-2/oswald-de-andrade/

valor: gratuito

Visitas Educativas
Além de mediações ao público espontâneo, a Adelina Instituto oferece visitas mediadas às suas exposições para grupos mediante agendamento. As visitas são gratuitas e podem ser realizadas para grupos de até 20 pessoas, com duração média de 1h.

Agendamento de grupos
Para agendar uma visita em grupo, basta enviar um e-mail para oi@adelina.org.br com data e horário da visita, número de pessoas e nome do responsável pelo grupo. A visitação em grupos é gratuita, mediante agendamento, no horário de visita da exposição.

 

programação paralela acompanhe pelas redes socias e pelo site https://adelina.org.br/

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ

Exposição: A ARTE DE YOSHINO MABE

Exposição: WAKABAYASHI

Assessoria Contábil

KARATÊ